Mapa do setor visa impulsionar negócios e oportunidades

74

Visando o desenvolvimento do ambiente de negócios para as empresas do setor, o SEAC-RJ vai disponibilizar, em breve, o Mapeamento Estratégico do Setor de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio de Janeiro, produzido pela Fecomércio-RJ em parceria com a FGV. O SEAC-RJ teve papel marcante na produção do levantamento, nas questões relacionadas à atividade econômica de Asseio e Conservação.

“O estudo representará um marco para nossa atividade econômica, já que facilitará o planejamento e as estratégias das empresas, além demonstrar a força do setor. Acredito que as informações disponibilizadas serão fundamentais para municiar os empreendedores sobre as tendências da área de limpeza e conservação, assim como, os principais desafios e soluções”, afirma Ricardo Garcia, presidente do SEAC-RJ.

O mapa visa colaborar com o aumento da competitividade das empresas em rankings internacionais e elevar os investimentos públicos no setor. O estudo, que reúne dados socioeconômicos das oito regiões fluminenses (Centro Sul, Costa Verde, Médio Paraíba, Noroeste, Norte, Serrana, Baixada Litorânea e Metropolitana), além de identificar vocações e oportunidades, é um instrumento estratégico para a atuação das empresas.

O setor de Comércio de Bens, Serviços e Turismo reúne mais de 349 mil empresas, que respondem por 38,4% do Valor Adicionado do Estado e representam 62,2% dos estabelecimentos fluminenses. É o setor que mais emprega, gerando cerca de 2 milhões de empregos formais, que equivalem a 42,6% dos postos de trabalho com carteira assinada no estado. Integram esta rede de estabelecimentos o comércio de varejo (37%), comércio de atacado (7%), serviços (44%) e turismo (12%), distribuídos em regiões com características muito distintas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui