Plantão Seac-RJ: Coronavírus – Ed.92–13/11/2020

84

Serviços não recuperam perdas da pandemia apesar de alta em setembro

Último setor da economia a iniciar retomada após o fundo do poço da pandemia, os serviços apresentaram crescimento de 1,8% em setembro na comparação com o mês anterior, informou nesta quinta-feira (12) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A alta, porém, não foi suficiente para recuperar as perdas causadas pelos efeitos da Covid-19 no país, apesar de acumular variação positiva de 13,4% nos últimos quatro meses. Nos três primeiros meses de pandemia, a perda acumulada foi de 19,8%.

O setor de serviços é o principal componente do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro e o maior gerador de empregos do país. Sua recuperação é considerada fundamental para definir o ritmo de retomada da economia após a flexibilização das medidas de isolamento social.

Veja mais

OUTRAS NOTÍCIAS

Reforma da Previdência brasileira completa um ano

BC propõe medidas para facilitar transferências para o exterior

BNDES lucra R$ 8,73 bilhões no terceiro trimestre e apoia 267 mil empresas com ações emergenciais em 2020

Veja o que é permitido e o que é proibido na hora de votar

CPI Mista acompanha ações do TSE contra notícias falsas nestas eleições

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui